Daniela Mercury — Proibido o Carnaval

Клип

Слушать песню Daniela Mercury — Proibido o Carnaval

Текст песни Daniela Mercury — Proibido o Carnaval

[Letra de "Proibido o Carnaval" com Daniela Mercury & Caetano Veloso]

[Refrão: Daniela Mercury & Caetano Veloso]
Está proibido o carnaval
Nesse país tropical
Está proibido o carnaval
Nesse país tropical

[Verso 1: Daniela Mercury, Caetano Veloso, ambos]
Tô no meio da rua, tô louca
Tô no meio da rua sem roupa
Tô no meio da rua com água na boca
Vestida de rebeldia, provocando a fantasia
Tô no meio da rua, tô louca
Tô no meio da rua sem roupa
Tô no meio da rua com água na boca
Vestida de fantasia, provocando a rebeldia
Minha alma não tem tampinha
Minha alma não tem roupinha
Minha alma não tem caixinha
Minha alma só tem asinha
Minha alma não tem tampinha
Minha alma não tem roupinha
Minha alma não tem caixinha
Minha alma só tem asinha

[Verso 2: Caetano Veloso, ambos]
A mulherada
Comandando a batucada
O trio elétrico cantava
Libertando a multidão
Frevo fervendo
No Galo da Madrugada
Pernambuco não parava
De fazer revolução
Filhos de Gandhy
O afoxé na resistência
O caboclo era soldado
No Brasil da independência
No crocodilo, Stonewall, estou aqui
No carnaval beijando free
Salvador é a nova Grécia

[Ponte 1: Daniela Mercury, Caetano Veloso, ambos]
Quilombola, tupinambá
O corpo é meu, ninguém toca
Vatapá, caruru
Iemanjá lá no sul
Vai de rosa ou vai de azul?

[Pré-Refrão: Daniela Mercury, ambos]
Abra a porta desse armário
Que não tem censura pra me segurar
Abra a porta desse armário
Que alegria cura, venha me beijar
Abra a porta desse armário
Que não tem censura pra me segurar
Abra a porta desse armário
Que alegria cura, venha me beijar

[Refrão: ambos]
Está proibido o carnaval
Nesse país tropical
Está proibido o carnaval
Nesse país tropical

[Verso 1: Daniela Mercury, Caetano Veloso, ambos]
Tô no meio da rua, tô louca (Tá louca?)
Tô no meio da rua sem roupa (Uau)
Tô no meio da rua com água na boca
Vestida de rebeldia, provocando a fantasia
Minha alma não tem tampinha
Minha alma não tem roupinha
Minha alma não tem caixinha
Minha alma só tem asinha
Minha alma não tem tampinha
Minha alma não tem roupinha
Minha alma não tem caixinha
Minha alma só tem asinha

[Verso 3: Daniela Mercury, Caetano Veloso, ambos]
A liberdade, a Caetanave, a Tropicália
O povo de Maracangalha
Sai dançando o meu axé
O samba ensina
O samba vence a violência
O samba é a escola de quem ama esse país como ele é

[Ponte 2: Daniela Mercury, Caetano Veloso, ambos]
Eu falei faraó, ninguém respondeu
Quem come aqui sou eu, Romeu
Libera a libido
Forró em Caruaru, é?
Vai de rosa ou vai de azul?

[Pré-Refrão: Caetano Veloso, Daniela Mercury, ambos]
Abra a porta desse armário
Que não tem censura pra me segurar
Abra a porta desse armário
Que alegria cura, venha me beijar
Abra a porta desse armário
Que não tem censura pra me segurar
Abra a porta desse armário
Que alegria cura, venha me beijar

[Refrão: ambos]
Está proibido o carnaval
Nesse país tropical
Está proibido o carnaval
Nesse país tropical

[Saída: Caetano Veloso & Daniela Mercury]
Axé, axé, axé, axé, axé (Proibido? Tá proibido proibir)
Axé, axé, axé, axé
Axé, axé, axé (Ficou safada)
0:00
0:00